.
.

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

.



nunca amei ninguém...

não, como te amo a ti!

as minhas palavras...

nada valem perante o que sinto.

queria conseguir dizer-to!

saber dizer-to!

dizer-te o que em mim sinto.

e só sei dizer que nunca amei ninguém... como te amo a ti.
.

5 comentários:

Maria disse...

Não sei como te dizer
o que senti
quando te li, aqui...

um beijo, Tufa

Só Eu disse...

Palavras para quê? Este é um daqueles poemas que que sorvem pelos poros e se entranham na nossa pele até ficar arrepiada. Simplesmente lindo!
Não pares nunca de escrever!
Beijinhos

pn disse...

Nem mais!
(E ele, que respondeu?)
...suspense...
????????????????

maria josé quintela disse...

o último amor, o amor presente, é sempre o maior!



beijo.

c.ré disse...

porque não o dizes?... tens de o dizer para não sofreres.