.
.

quinta-feira, 15 de maio de 2008


morri

não me deixem fechada pois a escuridão mata-me
não me tapem os olhos que não vejo no escuro
não me tirem o ar, sentir-me-ei sufocar
não me definam o espaço que a minha dança é livre
não me atirem flores, não as matem por mim
e não rezem... que eu não sei rezar
entreguem-me ao mar que saberá o que de mim fazer
e cujas lágrimas saberá beber

20 comentários:

Maria disse...

Não tenho palavras.
Encontramo-nos no mar...

Um beijo

maria josé quintela disse...

belo destino



o de ser onda!


beijo.

~pi disse...

também aqui

se


bebem... ~

Aspásia disse...

OLÁ TUFINHA!

JÁ NÃO VINHA AQUI HÁ TEMPO, DESDE AQUELA DESPEDIDA TUA.,..

VEJO QUE VOLTASTE E COMO SEMPRE NAQUELA BUSCA INTERMINÁVEL DE ENCONTRATRES AQUELE ALGO ALGUÉM QUE COMPLETE A TUA VIDA...

FIQUEI EMOCIONADA COM ESTE E TODOS OS POSTS ABAIXO...

SINTO LÁGRIMAS NA FONTE INESGOTÁVEL DOS TEUS OLHOS, E O PESO DO TEU CORAÇÃO ANCORADO EM CADA FRASE!

BEIJITO, TUFA, POETA SEMPRE

bettips disse...

Delicadamente...
Grata, são palavras amigas que nos faltam a todos...
Abç

Marta disse...

E no mar encontraremos a paz...
Que se sente, nos veste.....
Adorei.........
Obrigada por participares...
Beijos e abraços
Marta

della-porther disse...

tufa

vim deixar um beijo
de saudade

della

Juani lopes disse...

solo el cuerpo muere, el recuerdo siempre queda en las personas que nos quieren
saluditos

circe disse...

também eu quero ser mar...
e quem dera que não demore muito....

Multiolhares disse...

Se eu pudesse escolher o meu tumulo, seria o mar
Esta lindo o teu poema
Bj

delusions disse...

entreguem-me ao mar que saberá o que de mim fazer
e cujas lágrimas saberá beber



...


encontro sempre paz no mar...




Sofia*

nana disse...

que ao fundo me levará

até que saiba renascer





...







x

alice disse...

um poema algo triste e definitivo, na verdade como uma prece... uma beijoquinha prá menina :) tufa tau!

TCHI de Tchivinguiro disse...

Tu, no regaço do mar imenso.

carteiro disse...

o mar leva-nos. e traz-nos.
morremos todos os dias... facilmente, não?
são palavras de profunda dor, estas. muito e com muita força desejo que a vivacidade da cor das flores do topo entre em ti, o mais brevemente possível.
um beijinho.

Maria disse...

Vim ler-te outra vez.
Deixo-te um abraço forte...

OLHAR VAGABUNDO disse...

mar esse louco...


beijo vagabundo

~pi disse...

mar de rosas será ~

Maria disse...

Andei pelo mar
não me encontrei
ainda....

Um beijo, Tufa

tonsdeazul disse...

Muito bonitas estas palavras!
Que o mar te encontre no final da tua caminhada e que também me encontre a mim...