.
.

sexta-feira, 23 de maio de 2008

.




inebriaste-me com o teu leve aroma de flor
e, aos poucos, levaste-me perto da loucura.
olhaste-me com os olhos ávidos de ternura.
sabias encontrar um par mais ávido que o teu?
e deixei-me seduzir pela suavidade das tuas pétalas,
se as minhas tão sedosas são.
enfeitiçaram-me as palavras vindas dos teus beijos.
sabias que não tinha outras?
e envolvi-me no teu corpo quente,
quando a minha pele era apenas tépida.
tocaste-me de perto o coração.
sabias das suas feridas?
e porquê?
não devia ser assim, meu amor!
por muito perfeito que sejas.




13 comentários:

Gerlane disse...

Delicadas e puras palavras, enfeitadas por uma bela flor, ou seria o contrário? Uma pura e delicada flor enfeitada por belas palavras?...

Beijos pra ti!

Duarte disse...

Escreves com paixão,
sentimentos profundos
vindos de mui dentro.
Atenuados com o perdão
dão passo à ternura,
bendita loucura.
Se à amor!!!
Sublime sensação.

Que bonitos que estão os "amores perfeitos"...

Lampejos disse...

Tufa,

Os ecos das palavras tornam-se nuvens em tua voz.
Inebriante...teu poema!...

Querida,


(a)braços,flores,girassóis :)

Maria disse...

a ternura e a delicadeza do amor em cada palavra deste poema....
(o amor adivinha sempre as feridas do coração...)

Um beijo com carinho, Tufa

OUTONO disse...

O teu último post, deixou-me preocupado...este último, já não!

Tenho sido um leitor mais ou menos assíduo da tua escrita.

Não tenho deixado comentários...porque ....não sei!

Sei que hoje, decidi...finalmente dizer...gosto de ler-te!

E voltarei...em abraço sedento da tua escrita.

Juani lopes disse...

Bella flor, bella palabra y tambien bella la persona que lo publico
saluditos

Marta disse...

Mas é perfeito, delicado, charmoso..esse amor-perfeito, a flor que fala e respira de amor...
Lindo o teu texto e lindo o amor-perfeito....
Obrigada pela visita....
Vem comer bolo comigo amanhã...
Beijos e abraços
Marta

Pedro Branco disse...

Tão imperfeitos somos comparando com os nossos sonhos ou com as cores das nossas telas... Tão imperfeitamente nos deixamos morrer devagar, muitas vezes sem saber que poderíamos deixar que um verso apenas levantasse o olhar de novo à claridade... Tão imperfeitos somos em nós e nos outros. POr isso ainda conseguimos olhar para as flores!

OLHAR VAGABUNDO disse...

e alguém é perfeito...


beijo vagabundo

Denis Barbosa Cacique disse...

....é sempre bom ter um corpo quente por perto: esquenta até o coração!

tonsdeazul disse...

Palavras maravilhosas que não devem ser colhidas para que o cheiro permaneça nas pétalas dessa flor!

alice disse...

não devia ser assim, de facto, mas o amor não é perfeito... beijinhos.

Nogs disse...

amores-perfeitos...

será que existem para alémdos contos de fadas?

beijinhos