.
.

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008


.
se eu pudesse apagar o meu
passado em ti
apagaria também o teu
passado em mim
.
.

5 comentários:

della-porther disse...

e aí Tufinha? Sambaste lá na "Mocidade"? pois é o samba não ganhou, mas que é bonito é. Concorda?

beijos

della

Pedro Branco disse...

Como ficam os olhos depois de tudo se apagar? Os perfumes sobrevivem? Os trapos desmontam-se? As palavras renascem com outra cor? Apagar os passados é trair o presente. Desenha o futuro com estas cores dos passados desfeitos. E verás qe tu e ele voltarão a ver.

pin gente disse...

que tal um ctrl-alt-del?

Maria disse...

O comentário da pin gente fez-me sorrir...
Sei que não funciona, nem uma borracha daquelas enormes....
Eu não apago erros. Para não me esquecer que os fiz e tentar não os repetir. Tentar.....

Beijos, Tufa

Manuela disse...

A Maria tem razão...
Convém guardar para tentar não repetir... embora há sentires que nos estão na pele e aí nada a fazer...
beijo