.
.

sábado, 9 de fevereiro de 2008




para que oiço as tuas palavras


se não lês os meus lábios.


e para que olho as tuas mãos


se não vês os meus gestos.





6 comentários:

nana disse...

para que te espero

se não vens







..

un dress disse...

...

talvez um dia

te deixe

adivinhar

...

Manuela disse...

quando assim é não há sintonia...
e quando não há sintonia... não se ouve a mesma canção...
beijo meu

Marta disse...

Pergunta sem resposta - para quê realmente???
Porque ainda não se quer desistir...
Um dia terá que ser....Gostei muito...
Venho retribuir o sorriso - obrigada; está a ser um dia muito duro para mim..
Beijos e abraços
Marta

mari crrrrruuuu... disse...

Não esperes mais...
As coisas realmente importantes e especiais acontencem quase sempre quando menos se espera.

Que a espera não se transforme em desespero!

Bjinho enorme***

Maria disse...

porque ouvimos as palavras quando queremos
e vemos as mãos sempre que quisermos
..... mas que já não exista nada......

Beijos