.
.

segunda-feira, 31 de dezembro de 2007


danço em teus braços por entre abraços que traço no ar. vibro com o encanto dos teus beijos cantados pela tua voz. começo assim um novo dia. entre abraços e beijos. entre danças e cânticos. entre o eu e o nós.


5 comentários:

Pedro Branco disse...

Amarrado ao cais ou solto no mar?
Navegando por dentro da paixão
Enrolada entre palavras e tempestades
Onde cada paragem é uma ilha
Onde cada nova fonte se estremece só por voltar a ser rio em direcção à foz
Onde os abraços e os beijos se fundem no amanhecer
Para outra vez tudo voltar a nascer!

Luís Galego disse...

começo assim um novo dia.

começa assim tambêm o novo ano....um abraço do tamanho da qualidade do teu blog!!!

Entre linhas... disse...

Desejo-te um 2008 repleto de esperança, embrulhado em sonhos e enfeitado com um laço de ternura.
Bjs Zita

pin gente disse...

eu, que sei quando nasceste
eu, que sei para o que foi
venho aqui desbafar contigo neste último dia do ano
votos?
tenho-os por dentro, muitos, tantos...
devem ser demais!
que se cumpram metade
e, se dessa metade, uma outra metade for para ti... ficarei feliz
as tuas amarras são fortes eu sei
as tuas amarras são ternas, também o sei
não as quebres, por ti
comanda o teu veleiro
deixa-o velejar ao sabor dos ventos
mas não o deixes à deriva
comanda o teu veleiro
e sente que 2008 vai mudar... vai mudar-te

Fernando Pinto disse...

Gostei muito dos tons desta composição que nos ofereces...

Abraço,
FMOP