.
.

terça-feira, 1 de janeiro de 2008



se eu fosse uma estrela tu serias o céu

se eu fosse uma concha tu serias o mar

e como eu sou... tu és!



6 comentários:

triliti star disse...

e que assim continui o ano todo.

particula-RG disse...

Ora nem mais!

Sophiamar disse...

Que o Ano Novo seja de paz. Que a alegria, o amor, a amizade, a saúde te acompanhem sempre.

Beijinhosssss


Se eu fosse o mar tu serias as ondas que envolvem marés de amizade.

Maria disse...

Vim ver-te, voltarei para te conhecer.
Do que li nesta página, gostei. Afinal, também és de mar....

Um bom ano de 2008 para ti.

Marta disse...

O Infinito....
Lindo......
Obrigada pela visita - que 2008 seja o ano da verdade, da essência e dos sonhos...
Até já

Beijos e abraços
Marta

Pedro Branco disse...

Posso eu ser onda se na praia a areia está já tão molhada e lisa?
Posso pedir-te o tempo se tenho a garganta pesada?
Posso amanhecer na noite, outra vez cansada?
Cantar-me nos intervalos de nova jornada?
Ficar, apenas, sem ter tudo nem nada?
Colocar um outro rosto que trago a vista amarrada?
Posso amar assim, sem voltar a ser amada?
Calo-me perante nós. Os nós do ir e vir do Sol nas frechas de nós. Os nós de todos os amantes. Que não são mais do que rios a dar à foz. Outra vez cantados. Para sempre imortalizados. Nas palavras de todos... nós.

Se eu fosse poeta...

Beijo.