.
.

domingo, 13 de maio de 2007


nada
o que resta
uma soma de dias
insípidos
crús
duros de roer
sem sabores
um ombro só
onde não poisas
para carícias
uma pela nua
sem afagos
nem beijos
a minha mão
vazia de ti
o meu olfacto
sem o teu cheiro
os meus olhos
cegos de não te ver
os ouvidos
surdos de segredos teus
acerca-te de mim
é um pedido!
tenho a minha pele
sequiosa da tua
e nem falo dos lábios
esses,
são os mais doentes
os mais carentes
de toque
de saliva
de fresco
e de calor
da nossa troca
estão sós
de beijos teus
meu pescoço
pede-te que o mordas
e que sigas pelo braço
rumo aos dedos
a anca contorce-se
chamando-te
as pernas
alongam-se e encolhem
ao som do meu desejo
e até meus pés
sentem tua falta
pois não te tocam a perna
não se enroscam mais
em ti
volta para mim
pois eu preciso-te
apeteces-me
roubas-me o norte
e levas-me na sorte...

8 comentários:

A Minha Vida... disse...

Compreendo perfeitamente essa carência, também a sinto ;)
Beijo Grande*

Aspásia disse...

OLÁ TUFINHA

TODAS TEMOS HORAS ASSIM, MINHA QUERIDA.
HÁ SEMPRE VAZIOS NAS NOSSAS VIDAS, POR MUITO PREENCHIDAS QUE PAREÇAM...

QUANDO A FALTA DO OUTRO PESA, OS DIAS SÃO CRUS E INSÍPIDOS, TUDO CUSTA "TONELADAS" A FAZER... ANDAMOS INQUIETAS, CANSADAS... AFINAL HÁ QUANTO TEMPO NÃO SENTIMOS UMA CARÍCIA APAIXONADA? COMO CONHEÇO TUDO ISSO, TAMBÉM... MAS TEM QUE SE CONTINUAR EM FRENTE E OLHAR PARA OS QUE ESTÃO MAIS PERTO DE NÓS... OS QUE MAIS PRECISAM, AINDA, QUE NÓS.

"IF YOU CAN´T BE WITH THE ONE YOU LOVE, LOVE THE ONES YOU ARE WITH..."

ESTÁ UMA COISA BONITA NO "FLAUTA DE PÃ"...

BEIJINHOS DOCES***

della-porther disse...

os pedidos de amor que ninguém quer ouvir...

beijos


della

maria josé quintela disse...

um SOS.
quem sabe será ouvido...

CLANDESTINA... disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Madrigal disse...

Querida Tufa

Tanto desejo de amor, que frémitos, que ensejos! Há tantas pessoas sós nesta vida e a maioria das vezes por causa de atavismos criados por nós mesmos, que pouco ou nada têm a ver com o nosso real desejo de que as coisas fossem assim.

Um beijinho de amizade e obrigado pelas visitas assíduas ao meu espaço,

Jorge

Noz Moscada disse...

Quem dera fosse mesmo ouvido esse desejo e necessidade do outro.
bjs

sonhadora disse...

Quando o crepúsculo desce e a noite cresce, o sonho faz-me suspirar.
Beijinhos embrulhados em abraços