.
.

quinta-feira, 31 de janeiro de 2008




a intrusa?

num mundo que não o meu

abafada a voz embatento em valores
debato-me entre a beleza do espaço que ocupo e a crueza do acto


porquê?!
se eu apenas me sinto um leve toque de amarelo

6 comentários:

un dress disse...

o que sentes é o que és.

sente muitO........:)






,beijO

Maria disse...

intrusa porquê....?
... além de que o toque é um bonito salpico...

maria josé quintela disse...

tão leve
.
.
.
que sobressai...

~pi disse...

amarelAR

AMARELÁSIA disse...

É A DIFERENTE QUE MAIS ATRAI O OLHAR!
NÃO É CRUEL O ACTO DE SOBRESSAIR... É HUMANO!

BEIJINHO AMARELUSCO

Pedro Branco disse...

Cada pincelada que me colocas no peito
Será uma onda de pintar montanhas
Um pequeno beijo nas dores tamanhas
Que por vezes nos arrasam a eito

Cada pincel com que refazes todos os dedos da tua mão
Saberão das lágrimas em telas de tempestades
Amarelo, azul, verde... As cores de todas as liberdades
Com que te pintas, inundada de paixão

Acho que te compreendo...

Beijo