.
.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

como estás vestida?

estou vestida de pele

no arrepio deste vento frio

modelada pela forma do meu corpo quente

anémona de um mar da lua

perdida num espaço com gravidade zero


de que lado está o equlíbrio?

sem chão...?!?

sem céu...?!?

não!

tendo ambos, sem os diferençar


estou vestida de pele

sem teia ou trama em fios de cor

não urdida na terra mas à mão

como as pétalas delicadas das papoilas

as delgadas asas das borboletas

os singelos frutos do dente-de-leão


vesti-me assim para nós...

uma veste que não quero mudar

vesti-me assim para ti...



16 comentários:

Maria disse...

Fiquei despida de palavras para comentar...
... é lindo!.

Um beijo

Denis Barbosa Cacique disse...

Assim é que se veste, hein!
Belíssimo.

É minha priemira visita aqui. Gostei!

Um abraço!

pn disse...

vela inçada ao vento dada...

pujante o sopro que faz correr rasgando sulcos no mar irado

un dress disse...

despi-me:

pra me vestir depois

de ser

tua






:)

beijOs

maria josé quintela disse...

e estás muito bem vestida!

Anónimo disse...

Estás vestida de pele, e de vento. O vento, é a aragem que te acaricia.
Fica bem.
E a felicidade por aí.

http://de-proposito.blogspot.com/

isabel mendes ferreira disse...

estar vestida de pele....










excelente esse veu.


_________________

louvo o gesto.


(gostei. muito)

AURORA ( LOLA ) disse...

vesti-me assim para nós...

uma veste que não quero mudar

vesti-me assim para ti...





É muito lindo, adorei.


O brigado pela visita, bjs

as velas ardem ate ao fim disse...

Estas linda!

bjinho

legivel disse...

... pelo que me diz respeito, agradeço a gentileza. Não é todos os dias que uma mulher se veste assim para mim e até me apanhaste de surpresa que nem a barba desfiz e a indumentária que trago só com muito boa vontade se pode chamar de casual wear, de tal modo que quem nos vir tece logo um comentário negativo. "olha a dama e o vagabundo!"). Mas que importam as bocas do mundo não é?. Vamos então andando... mas... com o frio que está não seria melhor pores um casaquinho? É que já se começa a notar que estás vestida com pele de galinha...

Luís Galego disse...

estou vestida de pele
sem teia ou trama em fios de cor

este poema fez-me lembrar um célebre e lindo poema da Maria Teresa Horta...esta não fica atrás...

veritas disse...

Vestir ou despir...pensar e sentir...

Bjs. Boa semana.

isabel mendes ferreira disse...

respondendo ao teu comentário:

:)


juro :) que não fecho a porta....


prontoS...

e viste que a janela dá para o mar?

vá...faz um sorriso....à flor da pele...


boa noite.

PRUDÊNCIA FRIORENTA DA CONSTIPAÇÃO CAUTELA disse...

QUE MELHOR VESTE DO QUE ESSA EM CERTAS OCASIÕES??? MUITA ROUPARIA... SÓ ATRAPALHA! ;))

BEIJOKA VERGONHOSAMENTE ENCHOURIÇADA ;))

Denis Barbosa Cacique disse...

Olá!!

Muito obrigado pela visita ao Nobre Ordinário!

Volte sempre!

Abraços!

Pérola disse...

Veste-te de amor e sê feliz.

Grande beijo.