.
.

quarta-feira, 21 de novembro de 2007

a minha razão obriga a desistir
mas o desejo não mo permite
quando a água corre para a foz
torna-se salobra ao beijar o mar
ganha um novo sabor
mas a maré tem ciclos
que alternam sem coincidir
a água sobe ou desce
segundo uma razão, não um qualquer desejo

5 comentários:

pn disse...

e se for segundo a razão do desejo?

maria josé quintela disse...

ou um desejo com razão?

DR.A ANAXIMANDRA TELÉSFORA (DOUTORADA PELA UNIVERSIDADE DE XABREGAS) disse...

HÁ QUE DIFERENÇAR ENTRE RAZÃO - RACIOCÍNIO E RAZÃO - MOTIVO.

PARA MIM O DESEJO TEM SEMPRE ALGUM MOTIVO, MAS O PROPRIO DESEJO NÃO DEPENDE DA "RAZÃO RACIONAL" ANTES PELO CONTRÁRIO...

MAS POR OUTRO LADO. RAZÃO E EMOÇÃO NÃO SE PODEM SEPARAR, COMO DISSE O DAMÁSIO...

SERÁ QUE O DESEJO TB. DEPENDE DAS FASES DA LUA?

PARA A MULHER, TALVEZ, ATÉ POR CAUSA DO PERÍODO COINCIDIR COM UM MÊS LUNAR...

A AULA ACABOU... PODEM SAIR.

BEIJOCA PROFESSORAL E FORA DE HORAS ;]...

amor,liberdade e solidão disse...

passo para desejar um bom fim de semana..

as velas ardem ate ao fim disse...

Desistir???!!

O teu desejo é mais forte que tudo!

bjo e boa semana