.
.

terça-feira, 2 de outubro de 2007


voarei, mesmo sem asas.
planarei nos céus... noutras galáxias.
cruzar-me-ei contigo, uma e outra vez.
e, quando pararmos, teremos o nosso tempo.
o tempo real.

dir-me-ás que me amas.
algo que sei. quererás perguntar-me algo?
não to direi, o meu beijo falará por mim.
cruzei-me contigo, outra vez...



4 comentários:

Anónimo disse...

Mesmo sabendo-o é tão bom ouvi-lo...

Beijos
Jesus

Tchivinguiro: onde nasci. disse...

E voarás outras vezes, sem asas, para que possas dar tantos mais beijos, quantos queiras, a quem amas.

PROF.ª ALBERTA AI NEM ESTÁ AÍ... disse...

DUAS FORÇAS SE PODEM INTERCEPTAR NUM BEIJO... OU SE ANIQUILARÃO OU SE REFORÇARÃO CONFORME SEJAM DE SINAIS CONTRÁRIOS OU DO MESMO SINAL - OU SEJA, DO MESMO QUERER!!!

E EIS A FÍSICA NEWTONIANA DA ATRACÇÃO UNIVERSAL!...

BEIJOKA CATALIZADORA ;))...

maria josé quintela disse...

o tempo é plano.