.
.

quinta-feira, 6 de setembro de 2007



talvez vá usar o sim, para responder
talvez vá ao sabor do vento, que agora deixou de soprar
talvez seja verdade, errei uma vez mais
que castigo?
que perdão?
só tenho que olhar e ver que as águas seguem
só tenho que sentir a maré
devo deixar-me ir nela...
só tenho que reparar que o reflexo é igual
repete-se sobre o passado
queria a resposta
e erro ao querer buscá-la
numa prova sem volta
amanhã vou voltar a errar

não porque eu disse talvez, apenas porque sim!

3 comentários:

pn disse...

o erro, mais das vezes, � s� inexactid�o, outras � culpa e engano

� am�vel, a ideia de errar para ser perdoado...

o erro presciente, n�o deixa de ser enfaticamente interessante... como um refr�o... um toar persistente...

http://www.lost.eu/3fd4e disse...

http://www.lost.eu/3fd4e

Aspásia disse...

ERRAR QUER DIZER QUE SE TENTOU!
SÓ NUNCA ERROU QUEM NUNCA VIVEU!

ANTES VIVER ERRANDO, QUE VEGETAR ACERTANDO...

BEIJINHOS CERTOS :))