.
.

sexta-feira, 18 de maio de 2007



seda
emaranhado de fios sem fim
uma teia
de aranha

uma roupagem leve
transparente
alaranjada
roxa
cor da pela
incolor

o toque da seda
a mão
a pele na pele
a minha
na tua

o emaranhado de nãos
a falta de coragem para o sim?
na dúvida,
talvez

agradeço, mas não irei
um emaranhado de (in)delicadezas.


3 comentários:

BICHO DA SEDA disse...

HMMMM...

PENSO COMPREENDER O QUE ESTÁ IMPLÍCITO NESTE EMARANHADO DE PALAVRAS...

AMIGA... NA DÚVIDA SE OS FIOS DE SEDA SÃO UM CARINHO OU UMA ARMADILHA DE CAÇA... O MELHOR MESMO É DECLINAR O CONVITE!

CUIDADO COM OS ARACNÍDEOS...

BEIJINHO DE BICHO-DA-SEDA (:>~~~~~~~~

Anónimo disse...

Grande merda!

tufa tau disse...

não sei a que se refere o comentário anterior e não costumo dar crédito a anóminos, mas ...
se é o blog ... que não volte cá.
se é o post ... é pena.
se tiver tomates... da próxima assine.
o comment fica, vou dar-lhe até o benefício da dúvida... tenho sempre esse hábito.