.
.

quarta-feira, 1 de agosto de 2007


o que me leva julho
ou o que me deixa ele?
tanto foi e tão pouco ficou
que ingrata sou...
espanto-me

o que me espera agosto
ou eu dele?
...
que ingrata serei de novo...
fixo-me num ponto

o que não me trazem de amor
deixam-me em dor
um vazio que conheço
frustado espaço
melancólico
que me espera setembro?
não quero ser-lhe ingrata...
um vácuo que não quero mais
se alguém estiver lá para mim


5 comentários:

belakbrilha disse...

vamos viver o HOJE...o momento
Quem sabe o que nos reserva o dia de amanhã???

esse é sempre um enigma!!!!

bjos

pn disse...

Tufa
se este julho nada deixou outros haverá
e agostos
e não te preocupes com o setembro que vem distante
sabes o que é uma preocupação?

uma pré ocupação!

há que estar atenta, senão, corre-se o risco de deixar passar o essencial, tão cingidos estamos ao acessório...

maria josé quintela disse...

não perguntes o que te espera.
faz-te tu esperar!

ASPÁSIA disse...

TUFA QUERIDA

FICA SEMPRE ALGO E AS EVZES NAO DAMOS POR ISSO!!!

UM RAIO DE SOL, UM RISO DE CRIANÇA, ATÉ UM DEDO DE CONVERSA COM A SENHORA DOS JORNAIS...

A VIDA NÃOPODE ESPERAR-SE POR DEFINIÇÃO, POIS SÓ NO PRESENTE EXISTE...

FELICITO TB ESTES 3 1ºS AMIGOS Q TE COMENTARAM - SAO OS QUE ESTOU A VER ATE AGORA - , EU HOJE NAO ESTOU LÁ MUIOT INSPIRADA, E ACHO QUE QQ DELES FOI MESMO AO CERNE DO TEU POST...

BEIJINHOS GRANDES

Bru disse...

Tufa

Vive-o primeiro e conta depois.

Um excelente agosto cheio de verão.


beijos

bru