.
.

sexta-feira, 22 de junho de 2007



inquietação
respostas que nunca chegarão
nós
perdidos pelo corpo
engasgos
saliva que não desce
forças
que se prendem
vontades
vão-se perdendo
e os dias...
seguem, uns atrás dos outros

9 comentários:

pn disse...

mas o contrário de inquietação, a quietação não será o estado mais próximo do fim?

queremo-nos in-quietos e reactivos.

está sol. seivemo-nos.

della-porther disse...

Tufa

inexorável o temppo...e temos de vivê-lo!

beijos

della

Fuser disse...

Tufa

...perturbadoramente deliciosa sua visita ao Outono...hehehehe

...estou de volta á minha Cidade...

te vejo lá?


beijos

fuser

maria josé quintela disse...

é bom estar inquieto. porque nos sentimos.

ASPÁSIA disse...

TUFA

PASSAM OS DIAS, OS MESES, OS ANOS... O QUE NAO PODE PASSAR É A VONTADE DE VIVER, AMIGA!!!

TEMOS DE VIVER A VIDA QUE TEMOS CUSTE O QUE CUSTAR E TAO DIFERENTE DA QUE SONHÁMOS UM DIA...

VAIS VER QUE SE COMEÇARMOS "A VIVER ESTA MESMA QUE AGORA TEMOS" APESAR DE APARENTEMENTE INSIPIDA E CANSATIVA, COMEÇAMOS A ENCONTRAR NOVOS MOTIVOS DE INTERESSE QUE VARRERÃO OS FANTASMAS DO PASSADO...

BOM FIM DE SEMANA
E BOM S. JOÃO POR AÍ!

BEIJINHOS MOURISCOS (E MOUREJADOS...:])

vida de vidro disse...

Mas essa inquietação faz-te sentir cada dia . Não os perdes, só os interrogas. **

pn disse...

tufa
ainda é sábado, aí?

pn disse...

os dias enfileirados...

"trair é sair da fila" (kundera)

tufa tau disse...

aqui já é sábado, bonito por fora e supostamente festivaleiro esta noite... mas triste por dentro.
não saiu da fila... a fila saiu dele...
o sábado vai custar a passar e a fila vai ter dificuldade em reorganizar-se.
um abraço