.
.

sábado, 21 de abril de 2007



devia sentir-me rubra, quente...
devia ter vergonha... corar.
não tenho.

sinto-me flor,
aberta na sua extensão de pétalas...
totalmente exposta, cativante,
com as cores no seu tom mais vivo,
a exalar o seu perfume aos ventos...

sinto-me bailarina,
na sua pose mais elástica e bela...
braços, pernas, corpo inteiro,
em abertura máxima...
sem aparente esforço,
livre, solta....

sinto-me mãe,
mulher,
amante...

sinto-me carinho
desejo,
cobiça...

sinto-me corada de tanto ser...




12 comentários:

A.S. disse...

Este teu belissimo poema faz-me citar Neruda:

"A mulher é a substância de todas as coisas"... e eu acrescento com a sensualidade das palavras deste poema!

Um terno beijo!

sonhadora disse...

apetece-me sonhar mais depois de ler as tuas palavras.
Beijinhos embrulhados em abraços.

bettips disse...

Mas que sítio delicado e lindo! Parabéns. Obr pela passagem e Abç

ASPÁSIA disse...

SENTIR É VIVER!

APESAR DE QUE O SENTIR ÀS VEZES FAZ DOER...

BOM F D S

BJS

bom dia isabel disse...

Gosto muito do teu blog.Um canto harmonioso, muito simpático. Quanto aos posts? Magníficos!
Todos!

Beijinhos

belakbrilha disse...

Como é bom SENTIR...tudo isso!
Agora vergonha?
Nunca!
SENTIR...e sentir dessa maneira é porque estás VIVA, em todos os sentidos!


bjs

vida de vidro disse...

Sentes-te em plenitudo. É bom sentir-mo-nos assim. E é uma benção. **

maria josé quintela disse...

se o teu corar significa ser, então cora sempre e muito.

um beijinho

madrigal disse...

Querida amiga

Mão, mulher, amante, que outras três coisas poderia uma mulher ter para se sentir mais feliz?

Parabéns pelas palavras.

Um beijinho do Jorge

Madrigal

tufa tau disse...

sempre todos amáveis, amigos...
como canta sérgio godinho, "com um brilhozinho nos ... já fiz [muitos amigos] que é coisa que vale milhões...!
o que foi que eles disseram?
se não disseram tudo ainda, já disseram muito.
sem discriminar, muito obrigada pelos vossos comentários.
beijos

vidavivida disse...

A vida sem Sentimentos não tem sentido. É bom é assim mesmo, nada de preconceitos e vergonha, nem pensar!
Parabéns por ser assim.

João disse...

Belo texto!
Bjs