.
.

segunda-feira, 30 de abril de 2007



de momento não tenho rimas...
não tenho prosas!

não tenho resposta
ou talvez tenha a pior delas.

não sei se tenho cor
ou vontade de a ter

não tenho contos de príncipes e princesas.
terei de diabos e gigantes,
de gárgulas e outros seres do fantástico?
fiquei fossilizada num passado presente,
num presente passado!
uma história feita pedra, pó, nada...

até o sol mandou a chuva em seu lugar.

tenho palavras soltas
sem vontade de serem ditas.

consternação
fantasia
aperto
melancolia

frases feitas,
odiosas frases feitas.
levam a um mesmo destino,
nenhum.

dar tempo ao tempo...
não o tenho!

tenho palavras soltas
e acabam sempre na que não quero dizer-te
se não mereces repetir-ta



11 comentários:

vida de vidro disse...

Até que as palavras soltas encontrem um sentido e uma forma de se dizerem. :)**

Fuser disse...

Tufa

obrigado pela visita ao Outono.
serás bem vinda sempre
gostei daqui
to levando você comigo

beijos

fuser

pn disse...

tufa tau

sabes de onde vem "gárgula"?

onomatopeia do gorgolejar da água nas de outrora caleiras em pedra com carantonhas mefistofélicas...
gargrgargargr...
em viseu há uma rua chamada "das Bocas", por ter uma casa (de um amigo meu, por acaso)cheia de gárrrulas nos beirais.

bom feriado,
paulo

TAU TAU TUFA disse...

dá tempo ao tempo
beijo

tufa tau disse...

caro pn
carantonhas que "vomitam" água e se "podem animar"...
viste anastasia? uma fantástica e fantasmagórica animação...

sonhadora disse...

Sonha sempre! Eu venci!
Beijinhos embrulhados em abraços.

kurika disse...

Palavras soltas e aparentemente ao acaso, mas com um sentido bem pensado e conseguido.

Parabéns.

Lindo

Bjinhos

pn disse...

a acromia deve ser o pior dos daltonismos...
ver o mundo sem cor é ver o indefinido vulto, sombrio, da existência...

não, tufa tau, não vi.
não ver é um estado de espírito que me afasta de muitos "mundos".
anastasia
ana = inversão de
stasia de extâse (?) paragem no tempo? (extático)...
inversão do tempo parado?
quase absurdo, o que é bom! o movimento?
isto nunca mais pára. adeusinho, até ao meu regresso.

tufa tau disse...

pn
ainda bem que isto nunca pára.
o mundo do fantástico é habitualmente um mundo de demasiada cor, demasiado movimento, demasiado som, demasiada fantasia...
a minha acromia é temporária... hoje já estou em amarelos... vai achar outro terrível daltonismo...
e ainda bem que iso não pára.

fico contente se houver regresso.
e agradeço as críticas

pn disse...

...não são criticas, tufa tau, são sugestões...
se o amarelo chegou, não tarda o vermelho e...

"a escrita faz do saber uma festa" (R. Barthes, Lição, ed.70)

(vou postar isto no meu sítio!)

tufa tau disse...

pn
então nesse caso, obrigada pelas sugestões...
...e entre eles, fica o laranja... aconchegadinho.

hei-de ir ao sítio, ver isso postado... é para quando?